A cerveja nunca foi inventada

A cerveja nunca foi inventada

Cerveja: a bebida alcóolica mais procurada do mundo. Preparada com ingredientes naturais, ela é produzida e servida na maioria dos países. Historicamente, ela já era conhecida pelos Sumérios, Egípcios e Mesopotâmios, desde pelo menos 4 000 a.C. Como os ingredientes usados para fazer cerveja diferem de acordo com o local, suas características (tipo, sabor e cor) variam amplamente.

A cerveja é produzida a partir da fermentação de cereais, mas, como praticamente qualquer açúcar ou alimento que contenha amido pode, naturalmente, sofrer esse processo de fermentação, bebidas semelhantes à cerveja foram descobertas de forma independente em diversas sociedades em redor do mundo. (mais…)

Companhia e música

Essa oportunidade é para aqueles que gostam de boa, nova e muita música, de preferência acompanhado de um choppinho e uma companhia bem agradável.

Estamos sorteando pares de ingressos para os dois dias do Festival NoAr Coquetel Molotov.

Basta Curtir nossa FanPage no Facebook e divulgue no seu mural “Boemia combina com boa música”. Marque a Cia do Chopp na publicação, para a gnt poder incluir seu nome no sorteio.

Sexta 14.10 – Teatro da Ufpe
Maquinado
Health
Guillemots
Lobão

Sábado 15.10 – Teatro da Ufpe
Romulo Froes
The Sea and the Cake
China
Racionais MC

Colarinho também é chopp

 

Ja disseram alguns jornais recifenses (jc e diario) que temos um dos melhores chopps da cidade. O diferencial da @ciachopp é não somente a qualidade vinda através da escolha do fornecedor, mas todos os processos com os quais nos preocupamos para que os clientes tenham uma experiência diferenciada.

O que faz nosso chopp ser melhor que os outros? O cuidado com o produto bruto, a qualidade do ambiente onde os barris ficam armazenados, a temperatura, a pressão e regulagem dos mecanismos que tiram o líquido do barril e o levam até o copo e, claro, a experiência e amor envolvido em todas as etapas do processo.

Esse creme tem como função proteger naturalmente o choppe abaixo dele contra a perda de gás carbônico ou oxidação do próprio ar. Se realizarmos a experiência de pedir um copo cheio de apenas creme, com o tempo, perceberemos que tfoi transformado em líquido. O creme que fica em contato com o ar se dissolve e perde suas propriedade em função do aumento da temperatura e da ação de químicos presentes no ar.

Numa noite agitada

20110928-055128.jpg

 

20110928-055209.jpg

Tava fazendo ontem umas fotos pra publicidade nas revistas Engenho, Facil e outra que esqueci o nome!

Isso é meio que um making off, so pra nao estragar a surpresa! Quando ficarem prontas, as revistas serao diatribuídas!

Cerveja hidrata

Se você acabou de fazer exercícios físicos e, com esse calor, ficou a fim de uma cerveja, se despreocupe! Estudiosos confirmaram as suspeitas de que quantias moderadas de cerveja ou chopp hidratam tanto quanto água. O estudo foi apresentado no “VI Simpósio Europeu de Cerveja e Saúde”, onde participaram especialistas em medicina, nutrição e alimentação da União Europeia.

Para saber mais sobre o assunto visite: http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/saude/noticias/cerveja-hidrata-igual-a-agua-apos-pratica-esportiva

Fonte: Exame.com

Xixi do Migué

Ontem foi mais uma quarta agitada na Cia do Chopp! Novos amigos se juntaram à turma! Agradecemos a visitinha fiel de Jaime, Paulo, Demóstenes, Sá Leitão, Geraldo Barbosa, , André, Marco, Nilton, Marina, Clenio, André e muitos outros que vieram se divertir conosco.

      

Visite o flickr para mais e maiores fotos!

Visitinha à SP

A equipe da Cia do Chopp voltou cheia de novidades de São Paulo, onde esteve de 10 a 14 desse mês, visitando a Feira Equipotel. Participaram da viagem Simone Glauce, do financeiro, Cavalcanti, chef de cozinha, Maria, responsável por nossos salgados e petiscos, Manoel, das compras, Tony o próprietário e Déborah, a que vos escreve.

Quem provou nosso expresso, sabe do qu estamos falando. Ele é apenas um fruto de alguns do equipamentos novos que estão chegando. Além da máquina de café Fiamma http://www.rst.pt/ trouxemos novos utensílios para a cozinha, novos equipamentos de corte e, para amenizar o calor que já está chegando, novos refrigeradores de ambiente!

Além disso a equipe visitou inúmeros barzinhos, botecos e restaurantes de companheiros que atuam na mesma área. Darei destaque especial para alguns que visitamos sempre e outros que conhecemos há pouco. Quem tiver Sampa no roteiro, adicione-os à lista de afazeres.

Jardim de Nápoli

É lei: visitar São Paulo e não fazer uma visitinha especial ao Sr. Galindo é crime! A pena: deixar de comer um maravilhoso polpetone de carne e não provar alguns dos vinhos maravilhosos da carta da casa.

Pé pra Fora

O botequim masi tradicional que visitamos fica localizado em Perdizes, bem pertinho da casa de um amigo. O lugar foi aberto em 1970 e tem um clima muito parecido com a Companhia do Chopp: mesas na calçada, churrasco e cerveja geladíssima! Ponto para o petisco de frango e queijo empanado: maravilhoso! Saímos com o cardápio e água na boca!

Galinheiro Grill

Não tanto pelo comida, mas o ambiente informal com cerveja gelada e bem decorado vale uma visitinha rápida. O lugar cresceu aos poucos e foi comprando as casas vizinhas até se tornar hoje um bar gigantesco para 420 lugares. Para ir de um ambiente ao outro é preciso passar por corredores estreitos que lembram passagens secretas. Quem gosta de boteco, churrasco e atendimento bom, não deve deixar de conhecer. Mas confesso que nosso galetinho piu-piu é muito mais saboroso!

BierBoxx
Cruzando a rua você vai dar de cara com o Bierboxx. Acredito que ele foi projetado tendo como molde os beergardens famosissimos e badalados de Manhattam e Brooklyn. Você pode escolher entrar sentar na área do (1) terraço, onde eles têm um sofá e vários barris de choppe com almofadas, (2) salão, cujo diferencial é um móvel no qual ficam expostas alguns dos 200 rótulos de cervejas de 16 países vendidos na casa. Ao lado do móvel, você pode levar para casa vários cartões postais com explicações sobre cada cerveja vendida na casa. Além disso ainda tem uma passagem secreta para um jardim aconchegante onde tem mais algumas mesas, sofás e todo o estoque de chopp da casa!

Vai um Chopp gelado depois do trabalho?

Você costuma ir direto para casa ou pára para um chopp gelado depois do trabalho? Nada como freqüentar aquele bar onde o garçom sabe o que você vai pedir, a comida é gostosa, a conta não demora e o banheiro é limpinho. “Desate a gravata e relaxe, você está em boa Companhia”, é uma frase comum proferida pelos garçons do bar recifense Companhia do Chopp. A casa acabou de completar 26 anos de atividade e a última premiação no festival Roda de Boteco os tornou pentacampeões nas categorias bar, petisco e atendimento.

Muito a comemorar e questionar. O que faz com que um bar nos fundos de uma galeria desconhecida em Boa Viagem conseguisse tamanho sucesso? Clone para os dias menos movimentado? Prato especial italiano servido de graça diretamente das panelas? Mesas permanentemente reservadas? Nada disso! Segundo o proprietário da casa, Tony Sousa, o diferencial é ter como meta a fidelização dos clientes. “O resto se resume às estratégias que visam esse objetivo principal”, comenta o empresário.

A aposta da Companhia é atendimento intimista. Por isso não estranhe se ouvir um garçom lhe chamando de corno, outro lhe recebendo com beijos ou alguém perguntando se o chopp “vai no automático ou manual?”. Joaquim é o beijoqueiro. Um dos pratos que mais saem na casa leva o seu apelido. É o premiado pastel de camarão e queijo mussarela premium servidos exclusivamente com uma porção de geléia de pimenta. De todos os petiscos inscritos no Roda de Boteco durante esses cinco anos, foi o que fez mais sucesso mesmo fora do festival: 90 porções acabam antes da meia-noite durante os finais de semana.

A casa abriga muitos estilos. Alguns vão com a família e ocupam as mesas de mármore; os mais jovens preferem a área da paquera, mais perto do bar; os fumantes ficam ali pela calçada e todo mundo briga por uma mesinha de plástico no estacionamento. Para cada companhia, um diálogo especial. Visite a casa, escolha um lugar e comprove.

Reformas, reformas e mais reformas

Todo restaurante que se preze precisa separar uma verba fixa para manutenção e investimentos. Quem vê de fora e reclama dos barulhos, não sabe o que de fato aconte para que o estabelecimento possa permanecer perfeito como o cliente sempre o encontra!

Hoje faz quase um ano que os frequentadores da Companhia tem notado a poeira subir. Mudança de sistema por requerimento da Fazenda, ampliação do escritório e estoque, criação da área de recebimento, pré-lavagem e porcionamento, organização da equipe da noite para implementação da cantina italiana.

Estamos crescendo, como sempre estivemos. Ontem uma cliente e vendedora relembrava a época em que funcionavamos como Companhia de Sanduíches, funcionavamos em apenas uma das lojas da galeria e o produto que mais fazia sucesso era o milkshake!

Passamos momentos dificeis, mas agradecemos à Companhia de todos que nos visitam tbm momentos de barulho!

Boas práticas exigem bom senso

Encerramos última sexta a etapa de treinamento dos manipuladores de alimentos. Higiene, práticas de segurança, lavagem de folhas, verduras e frutas foram alguns dos tópicos explanados no programa que teve a coordenação da nutricionista consultora  Jandira Gadelha e contou com a presença da doutora em nutrição Andréa Souza e da gastrônoma Carmen Virgínia.  com a consultoria um novo espaço de recebimento de mercadorias está sendo organizado e novas diretrizes a serão aplicadas nos procedimentos operacionais, padronizando-os segundo mandam as boas práticas.

Os garçons e auxiliares notaram que para atender às necessidades exigidas basta ter bom senso.  O ajudante de garçom, Edivaldo Barbosa, mais conhecido como Elvis, lavar mãos com frequência e ser organizado não é desafio para ninguém. Além do curso de Boas Práticas, a Companhia está se planejando para atualizar os garçons com cursos de atendimento, línguas e vinhos.